Você sabe o que é sororidade?

at
voce-sabe-o-que-e-sororidade

Hoje, quero chamar atenção para a palavra e atitude que deve ser exercitada, não somente no dia 8 de março, mas todos os dias, que é a sororidade. Mas afinal, você sabe o que é isso?

No último dia 8, foi comemorado o Dia Internacional da Mulher. Não acho legal parabenizar mulheres neste dia apenas por terem nascido com o fardo diário que é ser mulher. Você provavelmente se lembra que esta data foi instituída em memória à luta feminista, homenageando mulheres que lutaram – e morreram – tentando conquistar igualdade, condições dignas de trabalho e direitos. Então, em minha humilde opinião, este dia deveria ser de mobilização, de conversar com os amigos e familiares sobre a luta diária que enfrentamos e de chamar ainda mais atenção para as mulheres brasileiras que são assediadas, violentadas e assassinadas todos os dias.

O número de denúncias feitas por mulheres que sofrem diversos tipos de violências e crimes, no Brasil, atinge a média de uma denúncia a cada 7 minutos, na Central de Atendimento da Mulher 180. Esta média é baseada no número de mulheres que chegam a denunciar, mas sabemos que grande parte não chega a denunciar.

Em sua origem, o prefixo soror significa “irmã” em latim, fazendo referência à irmandade entre mulheres. Podemos dizer então que sororidade significa solidariedade, empatia, companheirismo e respeito entre mulheres.
Por se tratar de um termo novo, ainda causa estranhamento para quem não está familiarizado, mas a internet tem ajudado bastante nesta causa, onde facilmente encontramos grupos de mulheres que dão apoio à outras mulheres

Se uma mulher é assediada no ônibus, no ambiente de trabalho ou em qualquer lugar, e ela fala sobre o ocorrido sozinha, ninguém dá atenção e ela é facilmente desacreditada. Mas se as mulheres que estão ao redor dela também compram a briga e a ajudam, outras pessoas começam a acreditar no que ela está falando. Como diz Malala Yousafzai: “sozinha minha voz é apenas uma voz”. Ou seja, juntas temos mais força. Precisamos da voz de todas para que sejamos mais fortes.

Então, ao invés de parabenizar uma mulher de maneira automática, apenas por ter nascido mulher, parabenize por vencer as lutas diárias que ela enfrenta todos os dias e dê à ela mais espaço e voz. Seja você homem ou mulher, empodere as mulheres que estão à sua volta e, no lugar de rosas, que tal presentear com empatia e sororidade todos os dias?

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *